asdf-vm: Gerenciador de versão extensível com suporte a várias linguagens e ferramentas de desenvolvimento

asdf - Gerenciador de versão

Nos dias de hoje é muito comum você ter que lidar com diversas versões de diversas linguagens ao mesmo tempo.

Pense comigo, suponha que tenhamos alguns projetos que utilizam as linguagens de programação python, nodejs e golang. Agora suponha que dentre esses projetos eles utilizam versões diferentes para cada linguagem, como exemplo python 3.7.2, python 3.9.0, go 1.15.6, go 1.14.3, node 14.16.0 e node 15.12.0. Já imaginou como seria difícil ter que instalar cada versão da linguagem em seu computador?

Com o asdf você vai perceber como isso se torna muito fácil de se gerenciar e o melhor é que ele tem diversos plugins. Com ele você consegue não só instalar linguagens de programação mas também ferramentas de desenvolvimento. Veja alguns exemplo: node.js, python, r, go, ruby, clojure, erlang, dart, java, php, deno, elixir, flutter, dotnet-core, mysql, postgres, mongodb, redis, rabbitmq, elasticsearch, docker-slim, yarn e muitos outros.

Instalação
A instalação dele é muito simples bastando apenas rodar alguns comandos em seu terminal. Para isso basta acessar o site oficial, clicando aqui, para ver os comandos de instalação.

Para confirmar que a instalação foi efetuada, abra seu terminal novamente e rode o comando asdf.
asdf - Gerenciador de versão
Após rodar o comando você irá ver uma tela parecida com essa
Adicionando e instalando um plugin
1- Ver os plugins disponíveis para instalação:
asdf plugin list all
Você pode também acessar a página oficial para ver todos os plugins disponíveis.

2- Adicionar um plugin:
asdf plugin add NOME_PLUGIN
Exemplo: asdf plugin add nodejs

3-Ver os plugins já adicionados:
asdf plugin list

4- Ver as versões de pacotes disponíveis de um plugin:
asdf list all NOME_PLUGIN

5- Ver as versões de pacotes já instaladas de um determinado plugin:
asdf list NOME_PLUGIN

6- Instalar uma versão de um pacote:
Quando você adiciona um plugin, ele ainda não está pronto para uso e você precisará instalá-lo.
asdf install NOME_PLUGIN VERSAO_PLUGIN
Exemplo: asdf install nodejs 12.16.0

Atenção:
Se você estiver instalando o nodejs e vier aparecer a mensagem "Authenticity of checksum file can not be assured! Please be sure to check the README of asdf-nodejs in case you did not yet bootstrap trust. If you already did that then that is the point to become SUSPICIOUS! There must be a reason why this is failing. If you are installing an older NodeJS version you might need to import OpenPGP keys of previous release managers. Exiting.", você deverá rodar o seguinte comando:
bash ~/.asdf/plugins/nodejs/bin/import-release-team-keyring
Agora basta rodar o comando para poder instalar o Node.js novamente.

7- Desinstalar uma versão especifica de um pacote:
asdf uninstall NOME_PLUGIN VERSAO_PACOTE
Exemplo: asdf uninstall nodejs 12.14.1

8- Para ver qual a última versão de pacote disponível do plugin adicionado:
asdf latest NOME_PLUGIN

9- Definir versão de um plugin para uso:
Existe 2 comandos que podemos utilizar para definir uma versão de uso:
asdf global NOME_PLUGIN VERSAO_PACOTE
asdf shell NOME_PLUGIN VERSAO_PACOTE
asdf local NOME_PLUGIN VERSAO_PACOTE

Para definir uma versão global (default), este que será utilizada toda vez que você abrir o terminal ou trocar de usuário no SO, você pode usar o comando asdf global.

Se você quer apenas setar uma versão do plugin para ser usada enquanto o seu terminal estiver aberto, não alterando a versão global, você deve utilizar o comando asdf shell.

Agora que se você quer setar uma versão do plugin para uma pasta em especifico, você pode utilizar o comando asdf local.

10- Ver versão atual de um plugin que está sendo utilizada
asdf current NOME_PLUGIN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

pgAdmin 4: Configurando um server do Postgres

Python: Duas formas de criar um Switch Case

Oh My Zsh: Melhorando a produtividade do seu terminal