PostgreSQL + Docker: Criando uma instância do Postgres com Docker

Postgres + Docker

Neste tópico será demonstrado o passo a passo para a criação de um container Docker para o banco de dados PostgreSQL.

Mas o que é PostgreSQL?
Resumidamente ele é um sistema gerenciador de banco de dados relacional (SGBD) que tem seu  código aberto à comunidade.

Atenção:
Antes de tudo você tem que ter o Docker inatalado em seu sistema operacional.

Criando o contâiner
Para criar o contâiner basta você rodar os comandos abaixo em seu terminal:

Explicando cada comando:

- Linha 1:
Ao executar esse comando iremos obter a imagem oficial do PostgreSQL la no DockerHub que é um repositório de imagens para docker.

- Linha 2:
Com esse comando iremos criar uma rede interna, assim os containers que estiverem nela poderam conversar um com o outro.

- Linha 3:
Por último iremos criar o container PostgreSQL. Nesse comando você pode alterar o usuário e  senha padrão de acesso ao banco de dados.

Após executar os comandos, você já pode se conectar ao banco de dados pelo terminal ou por alguma ferramenta de administração de banco de dados como o DBeaver ou pgAdmin.

Validando se o contâiner foi criado e inicializado
Para verificarmos se o contâiner realmente foi criado, basta rodar o comando:
docker ps -a
Assim que o comando for executado você poderá encontrar todos os contâiners existentes em seu sistema operacional e entre eles deve ter o Postgres.

A coluna STATUS nos mostra se o contâiner está rodando. Se estiver escrito UP quer dizer que ele está de rodando e se estiver escrito EXIT que dizer que eles está parado.

Se ele estiver parado basta copiar o CONTAINER_ID referente ao Postgres e executar o comando abaixo:
docker start CONTAINER_ID
Com isso o seu contâiner será inicializado.

Dica:
Toda vez que você desligar seu computador não será nescessário fazer todos esse procedimento novamente. Basta digitar o comando docker ps -a para poder ver os seus contâiners já criados e logo em seguida iniciá-los com o comando docker start CONTAINER_ID. O container id você irá conseguir obter quando rodar o primeiro comando.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

asdf-vm: Gerenciador de versão extensível com suporte a várias linguagens e ferramentas de desenvolvimento